quinta-feira, 28 de maio de 2015

Não seqüestres meu ser


Pensas tu que embalas os meus sonhos
Que os torna risonhos e assim me acalma?
Seca meus olhos sorri os meus risos,
Anseias com isso reter a minha alma?

Enganas querido, é livre o amor
Não és meu gestor. Sou livre vê bem.
Presumes que agindo assim me conquistas?

É um ponto de vista, errado porém.

Aprende que o amor verdadeiro
 

É sempre o primeiro a nos libertar.
Quem ama não ata e nem escraviza.
Porque a divisa só faz limitar.
 

Se fracionas um só dos meus planos
Terás só enganos, pedaços de mim.
Se me queres inteira não me fragmente.
E assim somente serei tua em fim.

Para saber que te venero e te amo,
Não banques meu dono, eu quero ser eu.
Sendo assim, te serei todo instante

Mulher e amante na terra e no céu.
Rio. 18/03/2010